Emhaba divulga previsão de mais casas populares mesmo com suspensão de novas contratações decretada pelo Governo Temer

Novas unidades de casas próprias do programa MCMV serão construídas próximo ao residencial Milton Severino.  Crédito: Secom

Novas unidades de casas próprias do programa MCMV serão construídas próximo ao residencial Milton Severino.
Crédito: Secom

O jornal O Estado de São Paulo trouxe na edição de 3 de junho de 2016 que, sem dinheiro para retomar as contratações de moradias para as famílias mais pobres do Minha Casa, Minha Vida, o ministro das Cidades, Bruno Araújo, culpou o governo da ex-presidente Dilma Roussef pela paralisia na parte do programa que atende à população que mais precisa. “Fica claro que o governo afastado aniquilou os recursos do faixa 1”, disse Araújo. O mesmo jornal trouxe em 20 de maio matéria sobre a suspensão de todas as novas contratações do Minha Casa pelo Governo Temer.

 

Em contrapartida, em Araras, a Emhaba (Empresa Municipal de Habitação de Araras) divulgou que há previsão da construção de aproximadamente 450 unidades residenciais próprias do programa do Governo Federal Minha Casa, Minha Vida. As casas serão construídas próximo ao Jardim Aeroporto. O empreendimento atualmente encontra-se em fase de registro ao Cartório de Imóveis e Caixa Econômica Federal.

 

O edital começou a se publicado no último final de semana no Opinião e consta o Loteamento “Jardim Apolo” a ser implantado com área total de 185.500,00 metros quadrados, composto por 448 lotes residenciais, que poderá ser encaixado no programa Minha Casa, Minha Vida.

Em Araras, seis empreendimentos já foram construídos por meio do programa MCMV: Condomínio Residencial Arnaldo Mazon (368 unidades habitacionais) – Construtora Modulus; Condomínio Residencial Victorio Arthur Corrocher (216 unidades habitacionais) – Construtora Modulus; Residencial Warley Colombini (518 unidades habitacionais) – Construtora: Infratécnica Engenharia e Construções Ltda.; Residencial Portal do Sol (694 unidades habitacionais) – Construtora: Infratécnica Engenharia e Construções Ltda; Residencial Prefeito Professor Jair Della Colleta / Jardim das Orquídeas (448 unidades habitacionais) – Construtora: Infratécnica Engenharia e Construções Ltda; Residencial Prefeito Professor Milton Severino / Jardim Aerorporto (680 unidades habitacionais) – Construtora: Cataguá Construtora e Incorporadora. Até o momento 2.924 famílias já foram beneficiadas com o Programa Minha Casa Minha Vida em Araras, sendo 1.212 do “Faixa 2” e 1.712 do “Faixa 1”. O Programa Minha Casa Minha Vida – Faixa 1, é destinado à famílias com renda mensal bruta de até R$ 1.600,00, além dos critérios municipais e federais. Já o Faixa 2 é destinado à famílias com renda mensal bruta até R$ 3.600,00. A modalidade MCMV Faixa 1 produz empreendimentos habitacionais destinados às famílias com renda mensal bruta de até R$ 1.600,00, além dos critérios municipais e federais. Já o Faixa 2 é destinado à famílias com renda mensal bruta até R$ 3.600,00.

E ainda há 212 apartamentos da CDHU, do Governo Estadual, já em construção, próximo ao Bairro Warley Colombini.

(Gabriela Grigoletto)

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *


Copyrıght Grupo Opinião. Todos os direitos reservados.