Câmara

Lei de Diretrizes Orçamentárias é aprovada em segundo turno na sessão de segunda-feira

Câmara

Vereadores durante a sessão de 28 de agosto no Plenário Bruno Moysés Batistela

Por seis votos favoráveis e cinco contrários, foi aprovado em segundo turno durante a sessão ordinária na última segunda-feira (28), o projeto de lei de autoria do prefeito municipal, Pedro Eliseu Filho (PSDB), que trata sobre a instituição de diretrizes para a elaboração e execução do orçamento de Araras para o exercício de 2018.

Os parlamentares Anete Monteiro dos Santos Casagrande (PSDB), José Roberto Apolari (PTB), Francisco Nucci Neto (PR), Romildo Benedito Borelli (PSD), Eduardo Elias Dias (PHS) e Pedro Eliseu Sobrinho (DEM) votaram favoravelmente ao projeto, já os vereadores Jackson de Jesus (Pros), Deise Aparecida Olímpio de Oliveira (PSC), Marcelo de Oliveira (PRB), Regina Noêmia Geromel Corrochel (PTB) e Carlos Alberto Jacovetti (Rede) declararam voto contrário à Lei de Diretrizes Orçamentárias elaborada pelo Executivo. As sete emendas apresentadas no projeto, nas folhas 18, 20, 23, 25, 27, 29 e 31, todas de autoria do vereador Jackson de Jesus também foram aprovadas na sessão.

Na justificativa do projeto, o Executivo destaca que as diretrizes orçamentárias para o exercício de 2018 vêm ao encontro com a notória responsabilidade fiscal e, por isso, “é necessário e fundamental aplicar a responsabilidade e transparência em toda e qualquer ação pública”.

O texto do projeto destaca ainda que a administração municipal executará programas nas mais diferentes áreas, visando o bem-estar de todos os munícipes ararenses. “Os objetivos traçados serão constantes e assiduamente buscados. Só assim entendemos estar cumprindo tão nobre mandato concedido pelo povo deste nosso pujante município”, diz o prefeito.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *


Copyrıght Grupo Opinião. Todos os direitos reservados.