Venda de carros pelo Mercado Livre

Mercado Livre testa venda de veículos online com sistema de pagamento de sinal

 

Venda de carros pelo Mercado Livre

Venda de carros pelo Mercado Livre

O grupo de comércio eletrônico Mercado Livre iniciou operação de um sistema para testar a venda online de veículos, projeto que pode envolver mais adiante concessão de financiamento da empresa para o segmento.

A companhia afirmou que está promovendo ferramenta que permite aos usuários de sua área de classificados pagar um sinal ao vendedor para reserva de carro, moto, caminhões e outros veículos.

A ferramenta permite que o comprador pague sinal de R$ 200 a R$ 1 mil ao vendedor por meio da plataforma de pagamento do Mercado Livre.

A empresa afirmou que não vai cobrar comissões sobre os pagamentos de sinal. “A aposta da companhia é que o serviço vai gerar mais negócios e atrair mais consumidores… O projeto de reserva vai nos dar subsídios para entendermos o comportamento do vendedor e do comprador e criarmos o mecanismo de reputação”, afirmou a companhia em comunicado.

A companhia declarou que a venda de veículos pela internet é “complexa, principalmente no caso de usados” por conta da burocracia envolvida nas transações e registros.

Atualmente, a área de veículos do Mercado Livre tem cerca de 2,4 milhões de anúncios por ano no Brasil. “Nossa estimativa é que 50% deste total seja convertido em venda”, salientou a empresa, citando que atualmente não é possível ter precisão sobre as vendas, dado que elas são concluídas fora do ambiente online.

A companhia tem ensaiado ampliar sua atuação no segmento financeiro. Questionado sobre o assunto, o Mercado Livre afirmou que está investindo em tecnologia para permitir o financiamento próprio de veículos e que uma parceria com instituição financeira “pode ser uma alternativa para o futuro”. (Com informações g1.globo.com)

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *


Copyrıght Grupo Opinião. Todos os direitos reservados.