centro tratamento cancer vereadores-cor

Prefeitura anuncia doação para Centro de Tratamento de Câncer em Araras

Vereadores que participaram do evento, o prefeito Brambilla e o provedor da Santa Casa, Eduardo de Moraes

A Prefeitura Municipal apresentou a maquete eletrônico do Centro de Tratamento de Câncer na manhã de ontem, dia 24. A solenidade aconteceu na Santa Casa de Misericórdia de Araras e marcou a entrega do projeto de lei que prevê a doação de uma área municipal localizada na Avenida Prefeito Milton Severino com 5.658,02 m², que deve também atender pacientes da região.

O prefeito Nelson Dimas Brambilla (PT – Partido dos Trabalhadores) entregou à presidente da Câmara Magda Celidório (PSDC – Partido da Social Democracia Cristã) o Projeto de Lei na presença de médicos, empresários, representantes da sociedade civil, lideranças políticas e representantes de hospitais de cidades vizinhas e da imprensa.

Entre os parlamentares estaduais e federais convidados, participaram os deputados federais Ana Perugini e Arlindo Chinaglia, ambos do PT (Partido dos Trabalhadores). Pela Santa Casa, vários diretores da Irmandade mantenedora do hospital.

A área é localizada na Avenida Prefeito Milton Severino e terá toda terraplanagem realizada pela Prefeitura, visando a construção.

Brambilla também apresentou, junto ao secretário municipal de Planejamento, arquiteto Fábio Augusto Franco, a maquete virtual com toda a volumetria do prédio do futuro centro de tratamento de câncer. O projeto arquitetônico – inclusive executivo – será inteiramente doado também pela Prefeitura.

Começou

A ideia da construção do Centro surgiu depois que o Governo Federal disponibilizou uma verba de R$ 3 milhões para a compra do equipamento de radioterapia, o primeiro a ser instalado na porção inicial do prédio. Diante do fato, o prefeito Brambilla se comprometeu a doar uma área para abrigar o Hospital.

Segundo explicou o secretário de Planejamento, Gestão e Mobilidade Urbana, Fábio Augusto Franco, o prédio do centro de tratamento de câncer será modular, ou seja, foi concebido e será erguido em módulos, para facilitar as ampliações.

Área de quase 5,7 mil metros quadrados fica na Avenida Prefeito Milton Severino

O módulo 1, com cerca de 600 m²,  abrigará o setor de radioterapia. A expectativa é que fique pronto em 36 meses. Já os demais, abrigarão um setor para tratamento quimioterápico e outras terapias e no futuro, espaços que poderão abrigar serviços de diagnóstico por imagem.

A estimativa inicial de Franco, que já tem no currículo diversos projetos na área de saúde, tais como os PSFs de Araras, a UPA/Hospital Municipal Elisa Sbrissa Franchozza e o Caem (Centro de Atendimento de Especialidades Médicas) Dr. Nelson Salomé, é de que essa primeira fase do centro de tratamento de câncer custe cerca de R$ 1,5 milhão. “Isso porque será já nesse primeiro módulo que teremos necessidades como estacionamento, almoxarifado, plantas elétricas e hidráulicas especiais, guarita de segurança, etc…”, enumerou ele.

Engajamento da sociedade

Ao se dirigir aos participantes do evento, a presidente da Câmara empenhou seu compromisso para com a aprovação rápida do Projeto de Lei da doação da área. “Tenho certeza que meus pares não terão dúvidas da importância dessa iniciativa. Conheço o drama de quem precisa ir longe de casa para obter tratamento do câncer e será maravilhoso contribuir para essa realização”, declarou Magda.

Durante sua manifestação, a deputada federal Ana Perugini ressaltou a importância da colaboração entre Santa Casa e Prefeitura e colocou seu mandato à disposição dos pleitos de verbas que serão necessárias para ajudar a financiar a construção. “Vamos buscar, sem dúvida, todo o apoio que puder vir a reforçar essa belíssima iniciativa”, disse ela, destacando, ainda, a taxa de mortalidade infantil de Araras, abaixo de dois dígitos – atualmente em 8,6 por mil nascidos vivos – uma das mais baixas do país e do mundo. “Isso sim é algo para se aplaudir. É uma prova da solidez das políticas públicas de saúde nesse campo. Vamos estender essa solidez agora para concretizar o centro de tratamento de câncer”, afirmou.

Em seu pronunciamento, o deputado Chinaglia se mostrou disposto a buscar recursos em Brasília para a construção do prédio. “Vamos, sim, apresentar emendas e contribuir no que for preciso para o engajamento da sociedade como um todo”, acrescentou.

O prefeito comentou em seu discurso que fará consultas jurídicas para saber se há legalidade em tentar promover alguma campanha entre a sociedade civil para contribuição através da conta de água. “Um, dois reais por conta, daqueles que autorizarem, logicamente, ajudaria muito a Santa Casa nesse momento. E nós, na Prefeitura, também faremos nossa parte, economizando recursos para dar nossa contribuição”, disse. “Quem sabe conseguiremos somar essa contribuição àquela que a Câmara Municipal faz todo ano com as economias de seu orçamento?”, aventou.

Hoje, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, pacientes oncológicos de Araras são encaminhados para tratamento radioterápico para Piracicaba. Em veículos geralmente fretados pela Prefeitura, pacientes da rede pública saem logo cedo de casa e mesmo aqueles que são atendidos no início da manhã têm que esperar os pacientes que só são atendidos no fim do dia, retornando à noite para a cidade. (MGC com informações da Secretaria de Comunicação Social e Institucional)

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *


Copyrıght Grupo Opinião. Todos os direitos reservados.